Olha só quem apareceu por aqui novamente! A camgirl Cacau Show direto do Camera Prive para o Camstars, inaugurando a nossa seção de entrevistas – e que inauguração!

Para vocês que não a conhecem ainda, tem um post mais antigo sobre a cacau show que eu comento sobre a perfeição que é essa mulher.

Vamos as perguntas, então?

  1. Olá Cacau, como vai? Antes de mais nada, bem vinda ao nosso site! Gostaria muito que você falasse um pouco de você, de onde veio a ideia de ser uma stripper virtual e se dá para conciliar bem a vida pessoal com o seu trabalho.
    Cacau: Primeiramente é um prazer estar aqui respondendo às perguntas de vocês. Então, não posso dizer ao certo como e quando surgiu a ideia de ser camgirl, mas posso afirmar que estou gostando cada vez mais. Com relação à conciliar horários, tudo depende da forma como se vê. Existem modelos que fazem transmissão como lazer, ou seja, fazem por gostarem de se exibir. Outras já fazem por necessidade, aí fazem um quadro de horários. Eu, particularmente, amo me exibir, mas determinei uns horários para facilitar os meus clientes.

  2. Você consegue ter orgasmos durante os shows? Se a resposta for sim, o que um cliente precisa fazer para te excitar durante o show?
    Cacau: Bom, meus squirts não são falsos rsrsrs, acho que não tem como, em alguns casos, eu esconder que estou gozando (quando não é squirt eu mostro o meu “gozinho” rsrs). Acho que o principal de tudo é ser educado, saber conversar, não precisa falar da vida ou querer saber da minha, basta deixar as coisas fluírem. Eu gosto muito de fazer um show completo. Quer me ver gozar? Tenha paciência, pois eu chegarei lá e, se possível, farei com que ele chegue várias vezes também rs.

  3. Você é solteira? Casada? Enrolada? Existe a possibilidade de ter
    algum envolvimento com clientes? Algum já chegou a mexer com a sua cabeça e balançar seus sentimentos?

    Cacau: Não sei bem como definir solteira. Quando tenho tempo de sair eu me encontro com alguém (um crush, por assim dizer), mas não namoro, não sou casada e nem sei se sou enrolada rs. Sou adepta ao “amor livre” rsrs. Com relação a se envolver com clientes o site tem uma política rigorosa que me impede de pensar em encontrar com alguém. Isso pode ser ruim, pois algumas vezes alguns clientes mexeram com minha cabeça e balançaram meus sentimentos. Tenho clientes maravilhosos, que me tratam como uma rainha, uma Deusa rs, não tem como não se envolver com homens assim. Seria injusto com eles eu “não me balançar” rs.

  4. Qual foi a situação mais louca que um cliente já te colocou durante os shows (fantasias malucas)?
    Cacau: Na verdade não eu não fui colocada, pois eu tenho regras e não faço qualquer coisa. Se eu penso que pode me fazer mal (ou me sentir mal) eu não faço, pode dar o presente que for, pois tenho meus princípios. Agora, com relação a usuários fazerem rsrs, isso eu não posso impedir e nem tem como combinar presente, pois quando vi, já foi. A situação mais interessante foi quando um cliente fez um show completo pra mim rsrs. Ele dançou, colocou plug anal, vestiu fantasias e eu fiquei assistindo de camarote rs. Não posso dizer que foi estranho, mas fugiu um pouco do padrão rs.

  5. Você faria sexo ao vivo na webcam com um outro stripper? E com o namorado/marido?
    Cacau: Infelizmente eu não conheço muitas pessoas que fazem transmissão na webcam. Confesso que não sei se me sentiria confortável ou se os meus seguidores gostariam. Precisaria de uma enquete para saber se faria rsrs. Não tenho namorado/marido, portanto, não sei nem como responder. Não gosto de ficar imaginando para não criar expectativas. Sou bem realista.

  6. O que você acha dos homens que procuram sexo virtual pela webcam? São mais carentes que os outros ou apenas procuram por uma experiência diferente das quais estão acostumados?
    Cacau: Acho que homens que procuram sexo virtual pela webcam são comuns. No mundo tecnológico em que vivemos não tem como não ter uma relação virtual. Todos trocamos mensagens por aplicativos (WhatsApp, Facebook, Instagram, Twitter e etc), isso é uma forma de contato virtual. Acho que o sexo é um complemento daquela mensagem que indicava que deveria existir algo a mais e foi interrompido, seja por falta de coragem ou de vontade. Eu amo sexo virtual, com a possibilidade de interação (#privetoy) ficou muito melhor. Não vejo os homens como carentes, apesar de alguns serem, mas vejo como uma forma de ter uma experiência diferente sim. Podem vir me conhecer que eu mostrarei como é diferente e prazeroso rsrsrs.

  7. Se tivesse que dar algumas dicas para novas meninas que estão começando a fazer shows de stripper virtual, o que recomendaria para elas?
    Cacau: Não sei bem como dar dicas, pois não recebi nenhuma quando comecei. Acho que vale dizer que esse mercado é muito grande e, apesar de competitivo, tem sempre espaço para mais alguém. Não briguem umas com as outras, não fiquem com ciúmes de usuários, não falem mal de outras camgirls. Sejam simpáticas e exijam respeito. Não se tornem modelos de um único usuário e gozem bastante! Eu aprendi muito com meus usuários, principalmente a conhecer o meu corpo, permitam-se! Rsrs

Bom leitores, depois de conhecer um pouco mais da camgirl Cacau Show, que tal darem uma passadinha em sua sala e conferirem o seu show? Caso ainda não saibam, a Cacau tem sala no Camera Prive e pode ser acessada clicando aqui!